quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

CANCERÍGENOS.






Quantas pessoas morreram de câncer nos últimos dez anos, o numero é assustador, a estimativa é de que 70 milhões de pessoas tenham morrido em todo o planeta terra em dez anos, vitimadas pelo câncer, o que assusta ainda mais é saber que as pessoas não se dão conta do porque de tantas mortes e sofrimento por conta dessa doença.
A ciência já define alguns fatores cancerígenos ou carcinogênicos e que devem ser evitados pela população, porém a população não sabe disso então o numero é crescente em relação ao número de mortes e de afetados pela doença.
O obvio é que com o passar dos anos, e as inserções tecnológicas, industriais, produtivas em escala comercial o número de cancerosos aumentou em decorrência disso com absoluta certeza, o como atribuir a isso tal doença é fácil, ao olhar para o passado nota-se que menos pessoas morriam em decorrência dessa doença, e que hoje o número é aterrorizante o que se sabe é que quase tudo que é industrializado é cancerígeno alguns mais e outros menos, porém os métodos para conservação, elaboração, cultivo ou de funcionamento contém substâncias tóxicas e cancerígenas ao corpo humano, o fato é que muitas dessas substâncias foram utilizadas durante anos e que possuíam alto poder cancerígeno até ser notadas como nocivas à saúde populacional e o pior é que muitas ainda presente em diversos  produtos possuem essa ação cancerígena e também provocam mutações celulares e estão sendo consumidas em grande escala e ainda não são tidas como nocivas.
Em alguns países algumas empresas foram obrigadas a diminuírem certas substâncias de seus produtos por serem cancerígenas e se apresentavam em quantidades perigosas para população, um exemplo disso é a empresa de refrigerantes e bebidas mais poderosa do planeta, que teve de reduzir certas substâncias nocivas de seus produtos em certos países tidos como de primeiro mundo, porém aqui no Brasil essa redução não ocorreu por conta de nossos governantes não exigir isso, ou por não saberem nada sobre saúde ou não se preocuparem e a tal empresa não tem consciência para modificar por si própria, por não estar preocupada com seus consumidores apenas, money.
 O espantoso é que na embalagem dos leites de caixinha tem substâncias cancerígenas, na agricultura os agrotóxicos e fertilizantes, nos enlatados os conservantes, na água mineral a radiação utilizada para conservar, nas tinturas de cabelos as substâncias de fixação da cor, nos refrigerantes os corantes os conservantes e estabilizantes, nas carnes os hormônios para engordar os animais precocemente, os nitritos utilizados em carne para dar cor e conservá-las, nos copos plásticos e mamadeiras o “Bisfenol A” para dar transparência e dureza, a poluição automotiva e industrial que despeja bilhões de quilos de substâncias tóxicas, a poluição da natureza e as queimadas, os medicamentos e suas reações tóxicas além dos hormônios, esteróides, anabolizantes, cigarros, narcóticos, até o radio os televisores e celulares com as sua ondas de freqüência radioativas, enfim quase tudo que se consome tem substâncias tóxicas e cancerígenas e estamos consumindo cada dia mais estes produtos e com a agravante de não cuidarmos adequadamente do nosso corpo com os cuidados preventivos e obrigatórios para que ele possa suportar tanta toxina e radiação.
Especialistas dizem que os tumores malignos e não malignos originam-se fundamentalmente por: toxinas cancerígenas, fungos, parasitas e falta de cuidado preventivo e obrigatório com o corpo.
 Então ver que estamos em um abismo profundo e escuro e que a qualquer momento sugará um ente querido, não ver uma luz no fim desse abismo é desesperador, porém, acredito que tanta sabedoria para aumentar os proventos será necessária no futuro para nos salvar de tanto mal comercial que existe para nos exterminar com requintes de tortura, pois esta doença vitima pessoas com esse requinte.
A dizer a todos é que isso tudo está ai e precisamos nos proteger cuide do seu corpo, faça o cuidado preventivo para que ele possa suportar tanto lixo industrial ou então nem a lamentação de tal desgraça lhe caberá se sua parte com você mesmo não for empregada.



Autor: “Dr Verme”.

12 comentários:

  1. OLá Dr.!!! Qual o telefone e e-mail ?
    Grata!

    ResponderExcluir
  2. Carla o email pra contato é - prevpharma@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Dr estou com essa verme maldita fui ao medico e ele mim receito mebendasol já tomo a três dias e não vi nenhum resultado o que faço. Já a minha filha dei uma dose única de albendasol ela corre o risco de paga de mim

    ResponderExcluir
  4. Dr eu dinivo quero sabe o que faço para diminuir a coceira

    ResponderExcluir
  5. Dr quero saber se fazer a depilação e certo ou errado quando se tem vermes

    ResponderExcluir
  6. bom dia! tenho esse parasita a pelo menos uns 3 anos vai e volta mas é muito incomodo uma coceira terrivél. que piora a noite. sempre me receitam pyr- pan em dose única mas não adianta pq passa-se 15 dias e a coceira volta novamente. agora tenho um bebê de 2 anos e tenho medo que ela pegue essa infestação. onde posso procurar um especialista e o tratamento qual seria?

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. ola doutor apos seis meses de tratamento, depois de passar por trés clinico gerais e não obter nem um resultado da potologia, eu procurei um especialista um gastroenterologista,o meu caso e o seguinte eu tenho expelido larvas pela boca quando comecei o tratamento os médicos acharam que se tratava de larvas de vermes mas após tomar as seguintes medicações nada adiantou eu fiz o tratamento com ivermectina,tomei albendazol 400 mg durante cinco dias depois a médica me receitou Anita nada fez com que eu parasse de expelir essas larvas,dai ela me disse que era para eu tomar mais uma medicação caso não resolvesse ela me encaminharia para esse especialista então comecei a me tratar com o Metronidazol associado com Albendazol durante 7 dias com uma pausa de cinco dias e repetir novamente,assim eu fiz mas nada adiantou,então fui para o especialista um gastroenterologista que me solicitou alguns exames como uma endoscopia gástrica com biopsia exames de fezes 3 amostras,raio x do tórax e exames de emograma de sangue.todos os resultados foram que não havia nada no estomago, sangue normal raio x também nada o de fezes acusou um vermezinho simples chamado de entamoeba,o médico não soube responder o que são essas larvas ai eu colhi umas e mandei para o laboratório para fazer pesquisa de patologia para que possamos descobrir o que e isso mas os resultados apontados foram que não se trata de um verme e nem um parasita,se essas larvas não são vermes e nem parasita,o que e doutor? o que pode ser? COMO eu vou me tratar que medicamento devo tomar estou desesperada sem saber o que fazer,me ajude por favor.

    ResponderExcluir
  9. ola doutor apos seis meses de tratamento, depois de passar por trés clinico gerais e não obter nem um resultado da potologia, eu procurei um especialista um gastroenterologista,o meu caso e o seguinte eu tenho expelido larvas pela boca quando comecei o tratamento os médicos acharam que se tratava de larvas de vermes mas após tomar as seguintes medicações nada adiantou eu fiz o tratamento com ivermectina,tomei albendazol 400 mg durante cinco dias depois a médica me receitou Anita nada fez com que eu parasse de expelir essas larvas,dai ela me disse que era para eu tomar mais uma medicação caso não resolvesse ela me encaminharia para esse especialista então comecei a me tratar com o Metronidazol associado com Albendazol durante 7 dias com uma pausa de cinco dias e repetir novamente,assim eu fiz mas nada adiantou,então fui para o especialista um gastroenterologista que me solicitou alguns exames como uma endoscopia gástrica com biopsia exames de fezes 3 amostras,raio x do tórax e exames de emograma de sangue.todos os resultados foram que não havia nada no estomago, sangue normal raio x também nada o de fezes acusou um vermezinho simples chamado de entamoeba,o médico não soube responder o que são essas larvas ai eu colhi umas e mandei para o laboratório para fazer pesquisa de patologia para que possamos descobrir o que e isso mas os resultados apontados foram que não se trata de um verme e nem um parasita,se essas larvas não são vermes e nem parasita,o que e doutor? o que pode ser? COMO eu vou me tratar que medicamento devo tomar estou desesperada sem saber o que fazer,me ajude por favor.

    ResponderExcluir
  10. ola doutor apos seis meses de tratamento, depois de passar por trés clinico gerais e não obter nem um resultado da potologia, eu procurei um especialista um gastroenterologista,o meu caso e o seguinte eu tenho expelido larvas pela boca quando comecei o tratamento os médicos acharam que se tratava de larvas de vermes mas após tomar as seguintes medicações nada adiantou eu fiz o tratamento com ivermectina,tomei albendazol 400 mg durante cinco dias depois a médica me receitou Anita nada fez com que eu parasse de expelir essas larvas,dai ela me disse que era para eu tomar mais uma medicação caso não resolvesse ela me encaminharia para esse especialista então comecei a me tratar com o Metronidazol associado com Albendazol durante 7 dias com uma pausa de cinco dias e repetir novamente,assim eu fiz mas nada adiantou,então fui para o especialista um gastroenterologista que me solicitou alguns exames como uma endoscopia gástrica com biopsia exames de fezes 3 amostras,raio x do tórax e exames de emograma de sangue.todos os resultados foram que não havia nada no estomago, sangue normal raio x também nada o de fezes acusou um vermezinho simples chamado de entamoeba,o médico não soube responder o que são essas larvas ai eu colhi umas e mandei para o laboratório para fazer pesquisa de patologia para que possamos descobrir o que e isso mas os resultados apontados foram que não se trata de um verme e nem um parasita,se essas larvas não são vermes e nem parasita,o que e doutor? o que pode ser? COMO eu vou me tratar que medicamento devo tomar estou desesperada sem saber o que fazer,me ajude por favor.

    ResponderExcluir
  11. ola doutor apos seis seis meses de tratamento

    ResponderExcluir
  12. ola doutor apos seis seis meses de tratamento

    ResponderExcluir